Domingo na Laje

No último domingo, 27/06/21, a ondulação bombou por todo o litoral do sudeste brasileiro, acordando as temidas e misteriosas lajes. Em Ubatuba/SP, litoral norte de São Paulo, não foi diferente. A ondulação de leste forte combinada a maré certa, despertou a "rainha temperamental", assim apelidada pelo coach Everton Silva pela sua inconstância, onde em alguns anos ela ocorre várias vezes, e depois, pode ficar anos sem quebrar.


A função para fotografar a laje começa cedo. Quando swell bate forte por aqui, o "burburinho" já começa e todos já se perguntam se ela está rolando. Com acesso difícil, são poucos que vão até lá para conferir se ela está mesmo funcionando. Então não há opção a não ser APOSTAR!


A convite do coach Everton Silva, tive a oportunidade dessa vez de estar de frente com a fera. Em uma outro oportunidade, já tinha fotografado a onda da costeira, porém um ângulo já conhecido e bem distante. Mas a sensação de estar mais próximo a essa onda mística é inexplicável. Um misto de nos sentirmos minúsculos em frente a força da natureza, com um pouco de medo e, sem dúvida, muita emoção.


Saímos da praia do Itaguá por volta das 9:30hs com o barco humildemente chamado de "Poseidon", do mestre Giliard. Na barca ainda estava ainda o meu parceiro fotógrafo Alexandre Janotti. Chegando no pico conferimos primeiramente a onda da direita, um ângulo legal porém a onda não estava boa. Com preferência para a esquerda, num primeiro momento, ancoramos o barco bem de frente para onda. Até ali estava tudo bem, porém ao entrar a primeira série, a onda quase alcançou o barco e vimos que não estávamos em uma posição muito tranquila. Chamamos nosso capitão Giliard, que nos posicionou na boca da esquerda, e aí, foi só "sentar o dedo" na câmera.


A sessão foi animal, mesmo a onda não estando no seus melhores dias. E ainda depois tivemos a presença do mestre Edgar Bischof, Geovane Ferreira e o "grommet" nessa onda, Gustavo Alves, que representou pela sua primeira vez no pico.


Com certeza será um dia que ficará para sempre na memória.


Everton Silva e Giliard Magalhães

Edgar Bischof, Geovane Ferreira e Gustavo Alves


Até o próxima!